… e encontrando alguns muito bons, pra começar!

Refletir sobre como aprendemos as coisas (sejam elas na escola ou fora dela) é um caminho valioso para a construção do conhecimento que buscamos sobre um determinado objeto. Pensadores como Freire, Schön, Almeida e Garrido são algumas boas referências sobre o assunto. Esses autores  abordam de forma diferente a utilidade de refletir sobre o que estamos fazendo agora, sobre o que já fizemos em função de aperfeiçoar nossa atuação para e no que iremos fazer.

Utilizar tecnologia de forma inovadora nos espaços educacionais sugere reflexões permanentes porque sempre estaremos nos perguntando " pra que serve o que estamos fazendo agora?, como poderíamos ter feito melhor aquela ação?, por que agimos daquela forma naquele momento?"… e os questionamentos que surgem a partir desses não param… escrever sobre isso é uma forma de refletir sobre nossa ação deste momento.

Esta semana tenho uma tarefa proposta pela Mary Grace, nossa mediadora da Comunidade Ponto de Encontro da Revista Nova Escola. A proposta é buscar e indicar projetos inovadores apontando alguns critérios que fazem o trabalho ser inovador. Executar a tarefa parecia simples, mas está mexendo muito com os conhecimentos que tenho e que não tenho sobre inovação. É uma tarefa desafiadora e complexa: analisar a produção e o impacto de projetos desenvolvidos por colegas educadores é uma tarefa que está exigindo muita responsabilidade. Descubro que inovar com projetos que envolvam ensino e aprendizagem busca antes de tudo melhorar a vida das pessoas envolvidas. E isso nós encontramos nas leituras  e produções sobre inovação, nas participações e discussões advindas do Fórum Educadores Inovadores em Rede.

É preciso ler, pensar sobre esses trabalhos, voltar a pensar e… depois pensar novamente… e ler mais uma vez; são tantas histórias interessantes, que envolvem pessoas em diferentes lugares do país e que ao mesmo tempo  instigam a pensar sobre o que estou fazendo ou não no meu lugar… isso está dando o que falar, ou seria "escrever", ou "refletir"?,…é uma aventura que está revelando muitas aprendizagens para mim.

Indico alguns projetos que são inovadores e que conheci no Prêmio Educadores Inovadores da Microsoft Educação e no Prêmio Victor Civita Educador Nota 10:

. Ler e escrever com o computador
http://thesource.ofallevil.com/brasil/educacao/parceiro/estimulo.mspx

. Projeto Griot – Contando histórias de outros povos http://www.microsoft.com/brasil/educacao/parceiro/especial_2007_ap.mspx

. Escola.Com Ciência
http://www.microsoft.com/brasil/educacao/parceiro/projeto_irradia_inclusao_digital.mspx

. Fractal multimídia
http://www.microsoft.com/brasil/educacao/parceiro/fractal_multimidia.mspx

. Em pauta, contos de terror
http://revistaescola.abril.com.br/lingua-portuguesa/portfolio-maria-das-dores.shtml

Selecionei esses, entre tantos projetos encontrados, considerando que: a) a inovação atingida por cada um, melhorou sobremaneira o aprendizagem dos alunos envolvidos; b) os educadores envolvidos apresentam perfil de pesquisador, de crítico da própria prática e de abertura para novas formas de fazer na educação brasileira; c) são projetos que de alguma maneira integram educação e tecnologia; d) atuam em contextos desafiadores.

O lado injusto da atividade (encontrar e indicar projetos inovadores) é que nossa pequena lista não aponta o endereço de tantos outros projetos que se parecem muito com estes pela inovação. Mas, precisamos começar de alguma forma a conhecer o que um projeto inovador tem que outros não têm. Isso é um começo, e um ótimo começo. Tenho os dois Prêmios citados (Microsoft e Victor Civita) como excelentes referências que se preocupam em garimpar experiências educacionais muito valiosas no Brasil, e o fazem com muita responsabilidade e respeito pelos educadores inscritos. O processo de seleção desses projetos é uma lição de vida e formação para quem deles participa. Também busquei por projetos inovadores que aliem/integrem leitura, escrita e tecnologias, é que tenho um interesse particular por trabalhos assim.

Espero que encontrem um tempinho para conhecer um pouco mais sobre estes trabalhos que indico, no momento. Boa leitura!

Anúncios